Seguidores

sexta-feira, 10 de abril de 2009

SAUDADE


SAUDADE

Ah!... que vontade
de ficar sozinha
esquecer as coisas
que afligem tanto
isolar-me enfim
num cantinho amigo
e fazer versos
para ser feliz.

E no silêncio
que é tão sagrado
escutar o canto
dos canarinhos
sentir saudade
e chorar baixinho
ao ouvir seu nome
que a brisa traz.

E quando a noite
embalar meu sono
e a meiga lua
acariciar meu rosto
pedir a Deus
a sublime graça
de encontrá-lo
na eternidade.
Doroni

2 comentários:

Compulsão Diária disse...

è´preciso lembrar pra esquecer

celina vasques disse...

Caramba Doroni!
Esaas saudades me matam, me castram, me desesperam...eu vivo, eu como, bebo, durmo saudades... de algo que poderia ter sido e não foi!
Lindos teus versos...muito lindos!
beijos meus!