Seguidores

quinta-feira, 2 de julho de 2009

QUE SAUDADE


QUE SAUDADE !

Ah... Que saudade...
Que vontade de estar pertinho de ti
Contemplar os teus olhos tristonhos
Por neles um pouco dos meus sonhos
E neles me embriagar.

Ah... Que saudade...
Do teu ser que eu não esqueço
Do teu corpo que tão bem conheço
Dos teus braços que anseios os abraços
E dos teus lábios que em sonhos senti.

Ah!...que saudade...
Do teu rosto meigo e sereno
Das tuas mãos e do teu carinho
Da tua voz que me acompanha
Por todo e qualquer caminho.

Ah!...Que saudade...
Do tempo que ficou para trás
Das noites em que eu me aprontava
E tão feliz te esperava
Para um sonho que não vivi.
Doroni
Saudade é canto magoado/no coração de quem sente/
e como a voz do passado/ecoando no presente.
( Patativa de Assaré)

12 comentários:

Danielle Magalhães disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Danielle Magalhães disse...

Olá, Doroni. Foi um prazer ler seu comentário. Fico feliz que tenha gostado do blog. A vida é isso, não é mesmo? Feita de dualidades que coexistem, não se excluem...por isso tanta confusão, tanta tamanha vontade de constantemente o ser humano precisar ser encontrar, precisar ter um rumo...é uma luta eterna...e acho q daí vem o aprendizado. Como lidar com isso? Eis a questão. Este foi um jeito q encontrei de expor o meu modo. :)
Parabéns pelo blog e pelos textos.
E volte sempre q puder e quiser.
Abraços.

costacarvalho disse...

Que texto lindo, Doroni!...
Como ele me faz pensar, sentir os ausentes!...
E como recheio, Patativa do Assaré, um dos poetas brasileiros que mais admiro. Devo-lhe um presente.
Bjs.

Angélica T. Almstadter disse...

Apesar da dor, sentir saudades é muito bom dá-nos a certeza do bem que queremos ou vivemos. Beijo

celina vasques disse...

Belissimo poema querida amiga e poeta!
Belissimo!
Saudades...sentimentos permanentes em nossos corações e alma poéticas...
Ai de nós não fora a saudade, pois se não temos o ser que nos desperta a saudade, pelo menos ela está aqui!

Jacque D' Òsùn disse...

ola obrigada pela visita!

Fique na paz de Deus!

Chá das Cinco disse...

Eu fiz uma busca nos blogs dos meus amigos para selecionar alguns interessante.
Sem te pedir licença entrei e fiquei.
Adorei o teu texto,parabéns pelo blog.
Aguardo a tua visita e fique para o Chá.

Um abraço

Úrsula Avner disse...

Olá Doroni, prazer em conhecer seu adorável blogger. Obrigada por sua visita tão amável e interesse em acompanhar o Sempre Poesia. Grande abraço.

Doroni Hilgenberg disse...

Queridos,
agradeço a todos pela visita e pelos comentários gratificantes.

Saudade, Ah...Que saudade...
de todos!!!

bjs

Sandálias do Outono disse...

Olá!!!!!!!!!!!!

Gostaria de saber como me entraste?! Aquele blog era meu esconderijo!!!!

Um beijo.

Charles Silva.

Doroni Hilgenberg disse...

Pois é, Charles.
Agora não é mais...
e não te conto como achei. descubra...
Mas como pode você, um poeta,
querer se esconder num BLOG que
é de domínio público?
Bjs

Tereza Lidio disse...

Adorei seu blog e ja estou acompanhando,sera um prazer ser sua amiga e obrigada pelo comentario em meu blog.
Se quiser me adicionar serei grata,poderemos partilhar muitas coisas juntas!!! Adoro poesia e terei enorme prazer em te-la sempre por perto.
Teka_lidio@hotmail.com

Beijos e uma otima semana